sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Cebola ( Allium cepa ) - reduz problemas cardiovasculares, atua na prevenção de cataratas em diabéticos e auxilia no combate ao câncer

http://www.ervasmedicinaiscuram.com/
Cebola ( Allium cepa ) 
A cebola desde a antiguidade, ela já era conhecida pelas suas propriedades terapêuticas e medicinais. Muitas destas propriedades medicinais vêm de seu óleo essencial á base de enxofre, conhecido como sulfeto de alilo. É este óleo que dá origem ao sabor e cheiro característicos da cebola. O substrato de que é feito o óleo essencial da cebola também está presente em outros compostos orgânicos presentes na planta, e destas combinações resultam as principais propriedades terapêuticas e medicinais da cebola. Ricas em proteínas e nutrientes, a análise da composição química da planta mostra que ela contém cerca de 10% de hidrato de carbono, 1,5% de proteínas, e cerca de 0,5% de gorduras. Além disso, a cebola também contém elementos importantes para a saúde humana, tais como fósforo, flúor, potássio, ácido salicílico, secretina, glicoquina, além das vitaminas do grupos B e C. A cebola é rica em nutrientes dos mais diversos tipos. Dentre estes compostos, existem os que desempenham, cada um, um papel muito importante, e são eles: Flavonoides e Quercetinas. Foram feitas análises cuidadosas para se determinar a composição química da cebola e os resultados mostram isso. Cada 100 gramas de cebola apresenta a seguinte composição: Calorias ( 33 quilocalorias ), Vitamina B1 ( 60 mg ), Vitamina B2 ( 45 mg ), Vitamina C ( 10 mg ), Vitamina A ( 125 unidades ),  Potássio (180 mg), Fósforo ( 45 mg ), Cálcio ( 35 mg ), Sódio ( 16 mg ), Silício ( 8 mg ),  Magnésio ( 4 mg ), Ferro (0,5 mg), Proteínas ( 1,5 gramas ), Gorduras ( 0,3 gramas ), Vitamina B3 ( 0,2  mg )

*Dentre vários benefícios encontrados na cebola, por muitas de suas propriedades terapêuticas e medicinais estão os seguintes: 

Benefícios Cardiovasculares

O consumo da cebola reduz o risco de problemas cardiovasculares. Estudos mostram que a quercetina está diretamente associada á redução no risco de infarto do miocárdio e ocorrência de derrames cerebrais em pessoas de idade avançada. Este benefício cardiovascular decorre principalmente da ação dos flavonoides, sendo a quercetina um deles.

Ação Anti-Inflamatória

O consumo regular de cebola auxilia nas cicatrizações de ferimentos e cortes devido à ação anti-inflamatória proporcionada pro um grupo de flavonoides.

Fortalecimento do Sistema Imunológico

Estudos mostram que o consumo de cebola fortalece o sistema imunológico, principalmente no que se refere á proteção do sistema gastrointestinal. Aqui novamente entram em ação os flavonoides: atuando em conjunto com o sódio, estas substâncias potencializam a ação de mecanismos de defesa naturais, contribuindo assim, para deixar o corpo mais bem preparado para se defender de diversos tipos de ameaças à saúde.

Prevenção de Cataratas Em Diabéticos

A catarata é um problema oftalmológico que atinge com bastante frequência os portadores de diabetes. Estudos sobre a doença mostram que a catarata surge em decorrência de uma determinada enzima que tem a função de " disparar " a catarata. Porém, o que as pesquisas sobre as propriedades terapêuticas da cebola mostram é que a quercetina exerce uma ação inibidora sobre tal enzima, e desta forma impede, ou ao menos dificulta, o desenvolvimento da catarata.

Ação Antiviral

O consumo de cebola auxilia o organismo a se proteger contra a ação de determinados vírus. Os estudos  mostram que os flavonoides presentes na cebola, em particular as quercetinas, agem diretamente sobre determinados vírus, impedindo sua replicação. 

Combate ao Câncer

Embora ainda não existam conclusões definitivas, todas as evidências apontam que a cebola pode ser uma aliada no combate a certos tipos de câncer. Neste caso, os estudos em laboratório mostram que a quercetina atua diretamente sobre os tumores, inferindo com a reprodução das células cancerígenas e, desta forma podendo retardar, inibir ou até mesmo impedir a proliferação destas células.






      

Nenhum comentário:

Postar um comentário