quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Poderosa castanha-da-índia ( Aesculus hippocastanum ) - combate a varizes, cólicas menstruais, dermatites e outros benefícios. Confira !

http://www.ervasmedicinaiscuram.com/
Castanha-da-índia
Para fins medicinais são utilizadas as folhas da árvore, cascas e sementes do fruto do castanheiro-da-índia no tratamento de insuficiência venosa, varizes, hemorroidas e flebites, bem como para o tratamento de processos reumáticos acompanhados de edemas. Também se usa a planta para ativação da circulação periférica, cólicas menstruais, dores venosas, edemas por má circulação, cãibras, insuficiência crônica venal, dermatites, eczemas, peso e dor nas pernas, úlceras varicosas e contra vermes.


Veja a ação da castanha-da-índia


Os ativos da planta aumentam a resitência e o tonus da veia, diminuindo a fragilidade e a permeabilidade dos capilares. Essa ação resultaem vasocontrição periférica, que ativa a circulação sanguínea e favorece o retorno venoso, prevenindo desde pequenos derrames que causam vasinhos, varículas e varizes, até acidentes vasculares de maior porte.

Modos de usar a castanha-da-índia:


  •     Decocção de cascas e sementes a 5% uso externo. Para lavagens, nos casos de: doenças na pele como dermatites, eczemas e inflamações gerais, fazer compressas, aplicar 15 minutos sem friccionar.
  •     Tintura para uso interno e externo.
  •     O sabonete à base de castanha-da-índia é indicado no tratamento de combate à pele oleosa.


Pode ser usada, também como aditivo de protetores solares:


  •         Decocção de 30 a 50g de cascas em 1 litro d'água. Beber 250 a 500 ml ao dia.
  •         Infusão de 30 g de folhas em um litro de água. Beber dois a três copos por dia;



Contra-indicações e cuidados no uso da castanha-da-índia: deve-se evitar o uso por gestantes, mulheres que estão amamentando e crianças com menos de 12 anos. Não usar em caso de sangramentos, pois pode potencializar a ação de anticoagulação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário